Afinal, eu sei que você quer saber ;)


“Pesquisa mostra que filmes criam expectativas pouco realistas sobre o amor”

Pelo menos faz sentido, não é mesmo? Afinal, o que os filmes de romance e comédia romântica mostram? Um amor impossivel que pode ser possível han? O romance perfeito, o príncipe encantado de cavalo branco e a príncesa presa numa torre. Sim, praticamente um conto de fadas.

Vou citar um exemplo. O filme ” E se fosse verdade”, que por incrível que pareça é um ótimo filme. A mulher é médica, vive para a profissão. Na noite em que recebe uma promoção para trabalhar ao lado de um dos melhores médicos da clínica, ela teria tambem um encontro com um possível futuro namorado. Ela nao tinha uma vida fora do hospital, não saía, nao tinha muitos amigos. Ao seguir para a casa da sua irmã, eis que sofre um acidente e entra em coma. Ninguém sabe ao certo se ela irá acordar. Por força do destino, o apartamento dela é alugado, adivinha pra quem?Se você pensou no encontro que ela teria, acertou.

Não darei detalhes do filme, mas quem viu sabe do que to falando. O filme praticamente trata se paranomarlismo, destino entre outras coisas.

As pessoas assistem, imaginam como seria se acontecesse uma situação dessas com elas. Vão procurar seu “salvador” e acabam encontrando um “destruidor”, e simplesmente desistem porque não encontraram aquele que gostariam de ter ao lado como parceiro. Bom, já deveriam saber que é pura ficção, afinal, são filmes de Hollywood.

“Depois de estudar os filmes, os pesquisadores pediram a centenas de pessoas que respondessem a um questionário descrevendo suas crenças e expectativas sobre seus relacionamentos.
Segundo os cientistas, os fãs de filmes como “Mensagem para você”, “O casamento dos meus sonhos” e “Enquanto você dormia” normalmente não conseguem se comunicar efetivamente com seus parceiros. Para Holmes, as conclusões podem ter implicações profundas em nossas vidas.

“Terapeutas de casais vêem com freqüência casais que acreditam que os homens e as mulheres querem coisas bem diferentes de suas relações, que o sexo deve ser perfeito sempre, e que se uma pessoa foi ‘feita para você’, então ela vai saber o que você quer, sem que você precise comunicá-lo.””

Coloquei esta citação em vermelho, porque quero dizer uma última coisa.  Nos filmes mais românticos, o sexo é sempre maravilhoso, o casal foi feito um para o outro, que o casamento é para sempre. Sim, poderia ser considerado uma falsidade tudo o que os filmes dizem, porém, como dizem, em toda mentira existe uma verdade Oo. Isso tudo pode ser verdade, se o amor entre o casal for verdadeiro, sem intenções, interesses, maudade, e sempre com sinceridade, compreensão, companheirismo. Esse amor pode não durar para sempre, mas se o relacionamento tiver todos os ingredientes necessários para se tornar importante para o casal, se tornará inesquecível.  🙂

Anúncios

Comentários em: "Comédias românticas prejudicam vida afetiva, diz estudo" (1)

  1. Descordo!
    Os romances são sempre idealizados, a vida em conjunto também. O que torna a fórmula errada é a pressa. Pega-se o primeiro, sem ter certeza de que todos os itens foram preenchidos e voilá: frustração, divórcio, ódio, vidas destruídas. Vejamos: amoça “pobre” casa com o cara “bem de vida” que quer levá-la para cama. O sexo era bom até que os filhos e responsabilidades chegam. Ela vira pão duro e ela descobre que ele não era o homem de sua vida. Outra situação: a mulher de família influente, o rapaz pobre e ambicioso…Ele enriquece e descobre outras mais interessantes…Agora, se confiássemos na química: pele, olhos, boca e no tempo ( acho que em uma semana se descobre uma pessoa, levei dois dias para descobrir que meu marido não era o homem com quem eu tinha me casado – rsrsrsrsr). Mais um comentário a favor dos romances: eles te dão um padrão pelo qual vc deve se basear. E mais, te dá o incentivo para procurar, em algum lugar desse planeta azul, aquele/a por quem vc, até os últimos dias de sua vida vc nunca se cansaria de olhar e ver naqueles olhos o quanto vc é lida/o, maravilhosa/o, perfeita/o e o quanto valeu ter vivido com ele/a. Vc se sentiu ESPECIAL!
    Abraços,
    Angela

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: