Afinal, eu sei que você quer saber ;)

Funk agora é cultura (?)


A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro aprovou ontem um projeto de lei dos deputados Marcelo Freixo (PSOL) e Wagner Montes (PDT) que define o funk como movimento cultural (sic) e musical(sic) de caráter popular. Os deputados também votaram pela revogação da lei que impõe normas para a realização de eventos como raves e bailes funk em comunidades do Rio.

Não é novidade para ninguém que há vários e claros indícios de que o movimento funk anda de mãos dadas com o crime e com a prostituição.

MDig

Sabe, há um tempo atrás eu fiquei indignada com o que as mulheres do Gaiola das Popozudas disseram no Superpop, quando decidiram fazer com que o Funk virasse cultura.

Elas disseram que o Funk não deixa as mulheres vulgares, que as músicas não são ruins e que fala muito da realidade no mundo feminino.Mas, vamos pensar um pouco. Vamos analizar essa música:

Sò me dava porrada!!!
E partia pra farra!!!
Eu ficava sozinha,esperando você
Eu gritava e chorava que nem uma maluca…
Valeu muito obrigado mas virei PUTA!!!

Valeu muito obrigado mas virei Puta!!!
Valeu muito obrigado-gado-gado…

se-se-se-se-se-se-se-se uma tapinha não doi..
eu-eu-eu-eu-eu-eu-eu-eu falo pra você…
segura esse chifre quero ver tu se FODE!!
segura esse chifre quero ver tu se FODE!!

Essa música se chama “Agora virei Puta”. Se vocÊ é traída, tu vai virar puta pra dar o troco? Isso é chamar a mulher de vadia, literalmente. Mulheres que nao se dão o valor é que acha que tem que virar puta pra dar o troco.

E elas não falam só sobre mulheres traídas que agora dão para todos os homens. Falam muito também sobre os homens que batem e aprontam.

Esse tipo de música não traz PORCARIA  nenhuma para nossa cabeça. Músicas podres, com portugues pobre e batidões que infelizmente se prendem em nossa cabeça.

E falar que nos bailes funk não tem sexo explícito pode ser uma grande mentira. Graças a Deus nunca fui a um baile, e acho que não falo por mim. Ir a um baile pra dançar, se divertir com amigos e namorado(a), ouvir músicas boas é uma coisa.Agora is a um baile e ficar se esfregando no ** dos homens com um micro-short, umbigo de fora, e sem calcinha é outra.

Quem gosta de funk me desculpe. Já foi a época que funk era coisa bacana. Bonde do Tigrão já era.

Bom, pelo menos eles não falavam em suas músicas que tem várias mulheres e tem filho com cada uma delas.

+ Letras de música do Gaiola das Popozudas

E sabe qual o problema. As malditas ficam em nossa cabeça ¬¬’

Vira o cu e pede dedinho. Isso é música pra ouvir? PQP

Tá bom. Parei. Se não vou é fazer vocês gostarem mais..kospakspaoksap

ECAT

Ahh… novamente, quem gosta, me desculpe. Liberdade de Expressão meus amigos 🙂

Mari (:

Anúncios

Comentários em: "Funk agora é cultura (?)" (2)

  1. Calcinha Suja disse:

    Querendo ou nao, funk é sim, cultura, nao do modo que vc botou é claro XD .. as musicas que eles tocam de nem uma forma vai nos trazer conhecimento .. mas o funk em si é visto e tratado como cultura…

    Sei la.. eu nunca gostei de funk xD.. nao acho que vá gostar e as letras sao degradantes… mas ok .. tem louco pra tudo né..

    http://calcinhasuja.wordpress.com/

  2. Cleópatra disse:

    O que define a cultura é a diversidade,infelizmente a feição da mulher foi vulgarizada,acabaram com os princípios….Acho o cúmulo funk ser cultura!!!São todos ignorantes sem escrúpulos para aprovar uma Lei ridícula dessa,deveriam preocupar-se com a saúde ,educação e segurança……….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: