Afinal, eu sei que você quer saber ;)

Bela Adormecida existe!


Por mais inacreeditável que pareça, existe uma doença chamada Síndrome de Kleine-Levin uqe faz com que a pessoa durma  por muito tempo. Mas é muito tempo mesmo.

Conheça a história de Louisa Ball.

Com uma enfermidade muito incomum, chamada Síndrome de Kleine-Levin ou mal da Bela Adormecida, a britânica Louisa Ball, de 15 anos de idade, tornou-se um desafio para os médicos. Após períodos de absoluta normalidade que podem chegar a um ano, ela dorme durante dias – já passou duas semanas adormecida. Seus pais precisam acordá-la, à base de chacoalhões e cutucões, para que ela vá ao banheiro ou se alimente. Louisa até levanta, mas completamente desorientada, muito longe de estar 100% alerta.

Os médicos não sabem o que causa a doença nem como curá-la. O que se sabe é que ela afeta adolescentes e desaparece depois de 8 a 12 anos. A notícia foi publicada nesta sexta-feira (5) no site da NBC News. O número de portadores de Kleine-Levin não passa de mil em todo o mundo, diz a reportagem.

 Segundo Emmanuel Mignot, diretor do Centro para Narcolepsia da Universidade Stanford, nos EUA, é possível que a síndrome tenha origem em infecção viral, associada a uma predisposição genética. Não existe remédio para tratar Kleine-Levin, explicou Mignot à NBC.

 A síndrome não tem relação com a narcolepsia, um sono súbito e incontrolável que ocorre várias vezes ao dia. “É completamente diferente”, disse Mignot. “A narcolepsia é uma desordem para a vida toda. Os pacientes têm dificuldade permanente para permanecer acordados.”

Fonte

Anúncios

Comentários em: "Bela Adormecida existe!" (1)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: