Afinal, eu sei que você quer saber ;)

Posts marcados ‘pulseirinhas do sexo’

Pulseirinhas do Sexo

Essas pulseirinhas tem dado dor de cabeça à muitos pais. E não só a eles. Prefeitos estão tendo que entrar num acordo para ver se realmente é necessário a proibição da venda dessas pulseiras.

Engraçado é que o brasileiro se vê sem opções de criação de “modinha” e as pessoas acabam aderindo à moda internacional. Quando chegou essa história de pulseirinhas do sexo aqui no Brasil, já imaginei que iria dar em merda. E deu.

Uma menina de 13 anos foi estuprada no Paraná por tres homens, outra garota sumiu depois da escola e a única suspeita é de sequestro e estupro. Porque? porque a menina usava as pulseiras.

Engraçado como tudo vira pânico. Há alguns meses, essas pulseirinhas eram apenas pulseirinhas, para enfeitar o braço, um Style!!! Agora não posso nem usar as minhas pretas que já me julgam como tarada, maníaca sexual ou o benedito por usar váarias pretas no braço. Até que não to usando, preguiça de colocar de volta.

Ainda acho que o único problema disso tudo é a tempestade no  copo d’agua que eles fizeram quando os adolescentes começaram a comprar, e isso alertou todo tipo de gente. Agora é esperar que a modinha passe e inventem outra merda!

Proibir não vai adiantar, as pulseirinhas são baratas e estão em qualquer camelô. Proibir a venda pior ainda, clandestinos. Os pais chingarem, botarem de castigo, proibir de comprar tambem nao adianta. Quanto mais proibição, mais eles farao. Adolescentes =)

Sentar e esperar ne. Daí posso voltar a usar as minhas sem medo de tarados =D

Pulseirinhas do Sexo: é preciso ter medo?

A modinha das pulseirinhas vinda da Inglaterra cresceu. Chegou ao Brasil e está gerando polêmica.Crianças e adolescentes vem cada vez mais usando essas pulseirinhas e muitas vezes sem nem saber do que está acontecendo.

Sinto dizer que redes de comunicação contribuem não só para as pessoas se informarem sobre o que acontece no mundo, mas também informa pessoas maliciosas e dão idéias fracas para eles.

Imagine o seguinte: por exemplo, sua filha de 10 anos viu as pulseirinhas supercoloridas e baratas numa loja, você vai e compra pra ela, alguns dias depois  um pedófilo começa a seguí-la porque descobriu pela televisão o que aquelas pulseirinhas significavam para ALGUNS ADOLESCENTES, mas que pra ele não importa. A culpa via ser de quem afinal? Da mãe que comprou porque a filha achou bonitinho, ou da televisão que levou essa informação para eles?

Bom, sou adepta dos pensamentos de São Tomé: “só acredito vendo” e desconfiada  demais.

Quem as compra não imagina o significado das cores nem nada, no qual fui descobrir hoje acabo de descobrir que vao no papai-mamae.

(mais…)

Nuvem de tags